ALERGIAS E ECZEMAS

O que é?

As alergias podem se manifestar na pele como eczemas, urticária, erupção liquenóide, eritema polimorfo, entre outras formas.

A dermatite ou eczema de contato apresenta coceira intensa, vermelhidão da pele, edema e até bolhas com exsudação nos quadros mais graves e agudos.  E surge no local do contato entre a pele e a substância que provocou a alergia.

Os principais agentes causadores da dermatite de contato são: os produtos de limpeza, como detergentes, sabão, água sanitária, níquel, perfumes, cimento, látex, conservantes.

Esse processo pode ser imunológico ou não. Quando é imunológico, nosso organismo produz a chamadas células de memória, que são células ativadas, que avisam toda vez que o agente causador da alergia entra em contato com a pele. A partir deste “aviso”, são ativadas outras células de defesa e também substâncias inflamatórias, que provocam os sintomas da dermatite.

 

Diagnóstico

 

O diagnóstico da dermatite ou alergia de contato é feito através do questionário clínico feito ao paciente, para detectar possíveis causas e também do teste de contato, em que várias substâncias mais comumente alergênicas, são aplicadas na pele com um adesivo, e depois de 48 horas, são analisadas. Normalmente, consegue-se detectar o agente causador.

 

Tratamento

A medida mais importante, sem a qual não haverá melhora, é parar de usar a substância ou produto causador da alergia.

O processo eczematoso deve ser tratado com pomadas ou cremes à base de corticoides e anti-histamínicos orais. Quando a alergia é mais grave, é necessário também associar os corticoides por via oral ou intramuscular.

Abrir chat
Precisa de ajuda?