Sun goes down

As unhas são lâminas queratinizadas, que ajudam na proteção do organismo contra o meio externo.

O crescimento das unhas é de 0,1mm por dia nas unhas das mãos e mais lento nas unhas dos pés.

As alterações nas unhas como manchas, diminuição do crescimento, descolamento, fragilidade, podem significar doença internas.

Essas alterações podem ser:

·         Congênitas ou hereditárias – presentes desde o nascimento. As unhas podem ser espessadas ou disformes.

·         Associadas a doenças de pele – entre elas: psoríase, liquen plano, eczemas, pênfigos, etc

·         Infecções – As micoses são as mais comuns, causadas por fungos. Mas temos também as paroníquias (inflamação das cutículas das unhas, crônica e causada por Candida ou Pseudomonas aeruginosa). As paroníquias e as micoses são causadas por traumas ou excesso de umidade nas unhas, sendo mais frequentes em pessoas que estão sempre com as mãos úmidas.

·         Associadas a doenças sistêmicas – muitas doenças podem manifestar alterações nas unhas, desde as doenças renais, hepáticas, endócrinas como hipotireoidismo, vasculares, deficiências de vitaminas, e anemia, entre outras tantas. Além disso, vários medicamentos podem causar mudança de cor e até descolamento das unhas.

 

Medicamentos e alterações ungueais

Tetraciclinas

 

Cor amarronzada e descolamento das unhas
Minociclina

 

 Cor azulada nas unhas
Anticonvulsivos

 

     Unhas de tamanho diminuído
Antidepressivos

 

  Manchas brancas nas unhas
Retinóides

 

  Unhas finas e tecido inflamatório ao redor das unhas

Doenças sistêmicas e alterações ungueais

Doenças cardíacas e respiratórias Unhas curvadas, arredondadas e mais finas
Doenças hepáticas Unhas quebradiças, e com manchas brancas
Doenças gastrointestinais Unhas frágeis, às vezes com pontos hemorrágicos. Acontece mais nas doenças crônicas.
Doenças renais Unhas com cor amarelada ou acinzentada, espessas, e podendo ter uma parte amarronzada
Anemia Unhas opacas, ressecadas, finas e quebradiças, podendo ter descolamento nas pontas.
Hipotireoidismo Unhas crescem mais devagar, são finas e frágeis, quebradiças
Hipertireoidismo Unhas podem descolar e ficarem abauladas, finas e fracas

Seja qual for a alteração das unhas, procure sempre seu dermatologista, para que a investigação e tratamento possa ser feita de forma correta. Evite os tratamentos caseiros, que podem causar mais problemas do que resolver, ou ainda mascarar um problema mais sério.

Você sabia que o Melanoma, um tipo de câncer de pele mais agressivo, pode acometer as unhas?

O melanoma ungueal pode se iniciar como uma mancha escura na unha, como uma estria longitudinal (listra) e que pode ser somente um nevu benigno, mas é necessário realizar-se um exame detalhado para descartar a possibilidade de ser um melanoma.

Quanto mais precoce o diagnóstico e tratamento do melanoma, maiores as chances de cura.

Abrir chat
Precisa de ajuda?