HIDRADENITE

A hidradenite é uma doença de pele crônica e inflamatória, mais comum em mulheres. Surge após a puberdade, pelo crescimento das glândulas apócrinas e acomete axilas, virilhas, entre as mamas e na região glútea, mais ricas nesse tipo de glândula.

 

É um processo inflamatório dos folículos pilosos dessas regiões.

As causas da hidradenite supurativa ainda não estão bem estabelecidas, mas ela pode ser considerada uma doença autoinflamatória, quando ocorre uma resposta inflamatória exagerada que agride e danifica a pele e as estruturas associadas.

Existe ainda, em alguns casos, histórico familiar.

 

Sintomas

As lesões são inflamadas, dolorosas, como nódulos, ou caroços, que podem evoluir com abertura e drenagem de pus. Estes nódulos tendem a persistir e recidivar, de modo que uma mesma lesão inflama e desinflama várias vezes no mesmo local.

Novas lesões vão surgindo, ao lado das antigas, e muitas vezes há formação de cicatrizes inestéticas.

As lesões são dolorosas e a eliminação de pus gera odor desagradável.

As cicatrizes antigas algumas vezes fibrosam e dificultam a movimentação dos braços e coxas.

Tratamento

Evitar roupas apertadas.

Higiene adequada da região.

Reduzir o peso nos casos associados à obesidade.

Antibióticos tópicos ou via oral.

Cirurgia nos casos mais graves.

Laser de CO2 fracionado pode ser utilizado na tentativa de destruir parte das glândulas.

A remoção dos folículos pilosos através da depilação a laser também pode ajudar.

Abrir chat
Precisa de ajuda?